Formulários de Referência nos EUA e no Canadá – Uma importante fonte de informações sobre remuneração e governança corporativa

No artigo anterior falamos sobre as polêmicas causadas no Brasil com a divulgação da remuneração de executivos. Neste artigo abordamos como em países como Estados Unidos e Canadá a análise destas informações permite a um profissional de RH conhecer as melhores práticas de mercado e até esboçar uma estratégia de remuneração competitiva para os principais executivos de uma empresa.

Nossos parceiros da Compensation Governance Partners, empresa de consultoria em remuneração executiva baseada em Toronto no Canadá, compartilhou uma recente análise sobre tendências na remuneração de executivos que atuam em Empresas Mid Caps, classificadas entre 101ª e 200ª do índice S&P/TSX.

A análise traz informações sobre como um executivo de uma empresa Mid Cap é remunerado e o que compõe um pacote típico de remuneração destes executivos.

Nossos colegas analisaram os proxies (formulários de referência) de 100 empresas Mid Cap, cujas ações são negociadas na Bolsa de Valores de Toronto.

Os resultados obtidos foram os seguintes:

Em linhas gerais, o objetivo da remuneração executiva, principalmente através da parcela representada pelos incentivos, é vincular o pagamento ao desempenho da organização. Portanto, a análise mostra que o salário base representa apenas 36% da remuneração direta alvo, enquanto que os incentivos (alvos de ICP e ILP) ocupam os 64% restantes.

Analisando somente os incentivos, o ILP compõe a maior parte da remuneração direta alvo. Os CEOs recebem 51% de sua remuneração total em ILP, já os demais executivos recebem 40%.

Se tivéssemos no Brasil o chamado “full disclosure” de informações de remuneração, a tarefa de definir o pacote de remuneração de um CEO, seria concluída a partir de uma rápida consulta aos proxies de empresas concorrentes que forneceriam todos os elementos para tal.

A única fonte de informações para este e outros tipos de análises acabam sendo as pesquisas de remuneração que dependem da adesão das empresas participantes.

Você tem o hábito de consultar formulários de referência para a realização de benchmarks ou para buscar informações sobre concorrentes? Qual sua avaliação sobre a qualidade das informações? Já consultou proxies de empresas dos EUA? Mande seus comentários para [email protected] ou para [email protected].

Caso queira participar de nossa pesquisa de remuneração executiva acesse o link https://lp.xrconsultoria.com/estudo2019

Um abraço é até o próximo artigo.